Loading

loading icon
dianova | “Não deixamos que te atires para o lixo”
1998
page-template-default,page,page-id-1998,page-child,parent-pageid-1925,ajax_updown_fade,page_not_loaded,smooth_scroll,
title

Campanhas de Informação Cidadania e Solidariedade

“Não deixamos que te atires para o lixo”

Vivemos numa sociedade cada vez consumista, individualista e hedonista que carece de uma maior Responsabilidade por parte de indivíduos Respeitando terceiros, mas também de maior Solidariedade e Compromisso com o objectivo de desenvolver ou tornar mais Autónomo o Potencial construtivo de mudança de Cidadãos e Sociedade em geral.

basura

Desde que a cocaína e as drogas sintéticas se tornaram a nova forma de eleição/recreação junto de jovens e adultos, o shift social mudou: parece que a toxicodependência já não existe, dado que estes consumidores não apresentam a aparência desgastada dos toxicodependentes – heroinómanos da década de 80-90. E a maioria da sociedade portuguesa continua social e economicamente conivente com o consumo de álcool, representando esta droga lícita o maior pesadelo dos sistemas nacionais de saúde, social, educativo e laboral, com 20% da população com graves problemas de consumo recreativo dos quais +600 mil são alcoólicos.

É neste contexto que a Dianova lançou a campanha de sensibilização “Não deixamos que te atires para o lixo” que visa promover um olhar societal inclusivo através do aumento da percepção social do risco associado ao consumo de drogas lícitas e ilícitas. A campanha é composta por uma peça impressa declinada em 4 formatos (Cartaz, Postal e Imprensa e Online & Redes Sociais) e uma peça audiovisual (spot rádio).

Desenvolvida originalmente para a Dianova Itália pela ER Creativi in prima línea sob a direcção criativa de Roberto Caselli (copy) e Elisa Roncoroni (art), que solidariamente no âmbito da cooperação existente entre a Rede cedeu gratuitamente os direitos à Dianova Portugal (e cuja adaptação esteve a cargo da Orange), o conceito da campanha nasce de uma reflexão estratégica importante partilhada entre a agência e a Dianova: o consumo de droga alterou-se profundamente nos últimos 10 anos, não se apresnetando em termos de marketing como suja e feia, mas sim de moda e ligada ao sucesso. Demasiados comportamentos, demasiados modelos culturais, demasiadas solicitações tornam-nos “drogados”. É contra este estado actual que a Dianova se insurge através desta campanha com a esperança de fazer reflectir não apenas a quem se torna dependente, mas também a quem tem responsabilidades sociais, políticas e culturais.

O enfoque principal da campanha reside na “reciclagem de comportamentos e atitudes”, ou seja, promover uma diminuição da discriminação face a pessoas com problemática de toxicodependência e suas famílias (que maioritariamente esconde o caso por vergonha), reconhecer o trabalho das Organizações Sociais que operam no sentido de contrariar as consequências geradas pelo abuso de drogas e prevenir nas causas em termos de educação para a saúde, bem como potenciar junto da sociedade uma reafirmada atitude de inclusão social.

Com esta campanha a Dianova pretende contribuir para uma sociedade mais coesa, sensibilizando para uma problemática recheada de efeitos e consequências nefastas a nível neurológico, fisiológico, emocional, laboral, escolar e familiar, através da nova campanha “Não deixamos que te atires para o lixo”.

A campanha conta com o solidário patrocínio do Metro de Lisboa, da Publicards, e das revistas Human, L+arte, Turbo, Meios & Publicidade, Recursos Humanos Magazine, Informação SIDA, Saber Viver, Prevenir, Human Resources, Super Interessante, Indústria e Ambiente, Invest, Zen Energy, Com’Out, Flor De Lótus, Jornal de Negócios, Record, A Bola e Correio da Manhã.

Basta para tal que em 2012 contribua com 0,5% do seu IRS, colocando o nº de contribuinte da Associação Dianova Portugal – 501 601 163 – no campo n. 9 do anexo H do modelo 3.

Obrigado pelo voto de confiança!

declaracao_irs

SPONSORS

Screen Shot 2016-03-03 at 10.56.09