Celebrar a Recuperação e a Reinserção Social | Dianova Portugal

loading icon

02 Mai / Celebrar a Recuperação e a Reinserção Social

Superar mágoas, hábitos e problemas.

Este é o objectivo que um(a) utente em tratamento das dependências de drogas, álcool ou Internet pretende alcançar. Principalmente, durante a sua recuperação na Comunidade Terapêutica Quinta das Lapas Dianova rumo a uma bem-sucedida reinserção social.

 

 

Como refere Sandra Cardoso, Responsável da área de Reinserção na Dianova, “A reinserção inicia-se quando a pessoa toma consciência do seu problema e recorre a qualquer espécie de ajuda. Posteriormente, prolonga-se durante todo o tratamento educativo-terapêutico. Inclui, assim, actividades ocupacionais, formativas, vocacionais e lúdicas. E só se apresenta eficaz quando em todas as suas dimensões, biológica, psicológica, afectiva, cultural e social, esse utente consegue estabelecer um quadro de vida com auto-suficiência e satisfação pessoal.”

 

Com efeito, a reinserção deverá ser encarada como a possibilidade de operacionalização do tratamento. O processo de tratamento só se encontra completo quando o indivíduo conseguir os meios e desenvolver as competências para poder assumir plenamente o seu papel na sociedade. Que é, na generalidade, caracterizada pela sua complexidade.

 

A realidade multifactorial da reinserção social implica ao longo do tratamento o desenvolvimento de uma intervenção multidimensional.

 

Esta deve atender, a montante, ao indivíduo e às suas idiossincrasias, e, a jusante, numa perspectiva alargada, às dimensões da reinserção. Especificamente, Família e Relações; Educação; Trabalho e Formação Profissional; Lazer e Tempo Livre; Participação, Cidadania e Autonomia. In Manual de Boas Práticas em Reinserção, Núcleo de Reinserção, 2007.

 

Com efeito, o programa de tratamento Dianova oferece um conjunto de actividades complementares. Em particular, psicoterapêuticas, ocupacionais, formativas, lúdico-desportivas e de ócio e tempo livre. Assim, visa-se estimular no/a utente o conjunto das suas forças potenciando-as como catalisadores de mudança.

 

Estimular as potencialidades e os recursos internos do indivíduo prediz melhores resultados na recuperação / reinserção. A evolução do/a utente vai-se sentindo à medida que este/a consegue caminhar em direcção aos seus objectivos pessoais. E, deste modo, a reinserção social passa a estar no centro das actividades a desenvolver.

 

Apoio, Ajuda, Aconselhamento, Orientação, Assistência

 

O estudo científico de follow-up “Trajectórias, da dependência à reinserção”, coordenador pela Prof.ª Doutora Susana Henriques, CIES-ISCTE-IUL, refere quatro conclusões.

Em primeiro lugar, 5 grandes trajectórias sociais concorrem para a Reinserção. Residência; Estado civil; Trabalho; Qualificação referente a escola ou formação; e de consumos;

Em segundo, as Trajectórias Residenciais emergem como sendo das mais relevantes para se afastar de contextos de consumo.

Em terceiro, a Qualificação é crucial para o processo de reintegração. Em particular, direitos de acesso, liberdade e mobilidade social, reconhecimento de identidades e recompensa ao mérito.

E por fim, em relação aos 3 factores de reinserção relacionados com o processo terapêutico a correlação é sempre positiva:

>  quantos mais anos se passaram desde a conclusão do tratamento

>  quanto maior a duração do tratamento

>  e quanto melhor a avaliação do tratamento, maiores os valores do IRST (Índice de Reintegração Social de ex-Toxicodependentes).

 

Face a estas evidências científicas, a Dianova promove diversas actividades

>  A participação em acções de voluntariado. O estabelecimento de parcerias com outras instituições permite aos/as nossos/as utentes a possibilidade de uma aproximação gradual ao mundo do trabalho. Estas acções têm ainda uma acção preponderante no estímulo de uma atitude positiva face ao trabalho. Bem como no desenvolvimento de uma percepção de utilidade, competência e integração.

>  A participação em acções formativas. Por exemplo: Técnicas activas de procura de emprego; Tecnologias básicas de informação; Iniciação ao Inglês, entre outras. Por um lado, a frequência nestes módulos permite melhorar o nível de conhecimentos. Por outro lado, estimula o desenvolvimento de competências pessoais e sociais e, simultaneamente, aumenta as qualificações de cada utente. 

>  Aumento do contacto com exterior. Por exemplo, saídas familiares; saídas socioculturais ou saídas de reinserção socioprofissional. Estas actividades têm como principal objectivo desenvolver e consolidar a rede de relações familiares e sociais. E ainda estimular junto do/a utente o interesse por actividades que o/a vinculem ao seu tecido social.

 

 

 

Apartamento de Reinserção Social como medida de suporte pós tratamento

 

Por último, mas não menos importante, dentro dos Programas área de Reintegração Socioprofissional merece destacar o Apartamento de Reinserção Social Dianova. O Apartamento de Reinserção é uma “unidade de alojamento temporário. Destina-se ao apoio a dependentes que se confrontam, designadamente após a saída de unidades de tratamento, ou após saída dos estabelecimentos da área da justiça, com problemas de reinserção. Nomeadamente, a nível familiar, social, escolar ou profissional”.

 

Esta resposta social apoia os/as utentes que, tenham cumprido um programa de tratamento, na sua fase de transição entre a unidade de tratamento e a sociedade civil. O ambiente de estabilidade e de conforto visa, por um lado, a consolidação das competências (pessoais e sociais) (re)adquiridas ao longo do tratamento. E, por outro, favorecer as condições para a implementação dos seus Planos Individuais de Reinserção.

 

O Apartamento de Reinserção assegura a prestação dos seguintes serviços

> Alojamento. Apoio logístico no tratamento de roupa, lavagem, secagem e passagem. E apoio logístico na confecção de refeições pequeno-almoço, almoço e jantar.

> Apoio psicossocial. Sobretudo, na elaboração do Plano Individual de Reinserção. Bem como no desenvolvimento e treino de competências com enfoque numa metodologia de pedagogia da vida quotidiana.

 

No apartamento de reinserção social os/as utentes beneficiam de um conjunto de actividades que visam uma reinserção social efectiva. Assim os/as utentes podem:

> Continuar/concluir os seus estudos.

> Frequentar cursos de formação profissional.

> Ingressar no mundo do trabalho.

 

Autoria:  Sandra Cardoso, Responsável da área de Reinserção, Dianova Portugal