Problemas de Droga no Mundo

Loading

loading icon

10 Fev / Problemas de Droga no Mundo

A Dianova participa na consulta informal de stakeholders das Nações Unidas para discutir problemas de droga e saúde no mundo.

Sessão Especial da Assembleia-Geral das Nações Unidas sobre o problema mundial das drogas de 2016 (UNGASS)

A UNGASS realizar-se-á entre 19 e 21 de Abril de 2016 na sede das Nações Unidas, em Nova Iorque. A sessão será a mais importante oportunidade, em quase 20 anos, para discussões globais e profundas sobre o tema das drogas. A UNGASS tem como objectivo chamar a atenção para questões particulares, criar um impulso político e advogar por determinados aspectos no cenário internacional.

“Pretendo transmitir a experiência que temos tido enquanto ONG na abordagem do consumo problemático de drogas na população feminina. Destacarei as particularidades que o tratamento requer para esta população altamente vulnerável. Existe uma clara necessidade de rever e reformular as políticas públicas do controlo de drogas, tanto a nível local como a nível mundial. Insistimos na promoção dos direitos e numa abordagem compreensiva e pragmática, desde a saúde mental e comunitária. Que capacite as comunidades e diminua as desigualdades no acesso à saúde e às oportunidades de integração social.”

10 de Fevereiro de 2016, Trusteeship Council Chamber, Sede das Nações Unidas Nova Iorque, EE.UU, 11 a.m.-6 p.m. EST

O evento está a transmitido streamed live: http://webtv.un.org

Lisboa, 10 de Fevereiro de 2016: Terá lugar a 10 de Fevereiro a Consulta Informal Interactiva nas Nações Unidas como parte dos trabalhos de preparação para a UNGASS 2016. A Consulta envolverá todas partes interessadas: Estados-Membro, Sociedade Civil e Organizações não-Governamentais, comunidades académica e científica, grupos de jovens.

Será a oportunidade para partilhar:

– Boas práticas da acção no terreno

– Experiências sobre os efeitos das políticas de controlo de drogas

– As dificuldades relativamente às dependências e à saúde desde o comércio de drogas ilícitas, à delinquência e ao tráfico, aos direitos humanos e ao desenvolvimento comunitário e sustentável.

A Posição da Rede Internacional Dianova

Segundo Montse Rafel, Directora Geral da Dianova International: “participar nesta consulta é um reconhecimento do trabalho das organizações membros da rede Dianova. As organizações mais participativas dispõem de informação de valor acerca da incidência das políticas públicas nas suas intervenções diárias no âmbito das dependências.

É necessária uma perspectiva holística que aborde estes problemas que são complexos em si mesmos. Por isso, é imprescindível que os governos capacitem o potencial destas plataformas dedicadas a partilhar experiências e reflexões no momento de definir políticas que contribuam realmente para o desenvolvimento das comunidades.”

María de los Angeles Lobos, Directora do Centro Dianova Viña del Mar para tratamento de mulheres (Dianova Chile), participará na consulta enquanto representante da rede Dianova.

“Pretendo transmitir a experiência que temos tido enquanto ONG na abordagem do consumo problemático de drogas na população feminina, destacando as particularidades que o tratamento requer para esta população altamente vulnerável.

Existe uma clara necessidade de reformular as políticas públicas do controlo de drogas, tanto a nível local como a nível mundial. Há que promover um enfoque nos direitos e uma abordagem compreensiva e pragmática, desde a saúde mental à comunitária. E procurar capacitar as comunidades e diminuir as desigualdades no acesso à saúde e às oportunidades de integração social.”

Clique para saber mais sobre a UNGASS.


Sobre a Dianova International

A Dianova é uma ONG internacional que opera em 11 países das Américas e Europa. Intervém no desenvolvimento de programas inovadores nas áreas de educação, juventude, prevenção das dependências, tratamento das dependências, inclusão social e desenvolvimento social e comunitário.

A Dianova International tem Estatuto Consultivo Especial junto do Conselho Económico e Social das Nações Unidas (ECOSOC); É uma organização da sociedade civil registada na Organização dos Estados Americanos (OEA); Parceiro Oficial da UNESCO; Membro do Comité de Viena ONG sobre Drogas (VNGOC) Membro do Fórum da Sociedade Civil Europeia sobre a Droga (CSF).