Tratamento das Dependências de Internet - Dianova - Gaming | Gambling

loading icon
title

Tratamento da Dependência de Internet Serviços

As novas adições comportamentais e sem substância

Contacte-nos

Na actualidade, o conceito de adição não se relaciona exclusivamente com o consumo de substâncias ou drogas, como por exemplo opiáceos, álcool, cocaína, anfetaminas, benzodiazepinas. É neste contexto que abordaremos as Dependências de Internet ou Utilização Problemática de Internet e o Tratamento das Dependências de Internet.

O conceito da adição pode ser associado também a comportamentos, a priori saudáveis e não perigosos. Estes comportamentos podem converter-se em aditivos, em função da força, assiduidade ou quantidade de tempo e dinheiro que se invista em levá-los a cabo. Podendo chegar a interferir gravemente na vida da pessoa. É o caso da utilização de internet, sexo, trabalho, compras, jogo, comida, etc.

Os factores que podem incrementar o risco são:

> A dificuldade em enfrentar os problemas.

> Baixa autoestima.

> Impulsividade.

> Intolerância a estímulos físicos ou psicológicos desagradáveis, como a dor e a tristeza.

> Estado de ânimo depressivo ou disforia.

> Busca de sensações fortes, aumentam a predisposição e vulnerabilidade para que uma pessoa desenvolva uma adicção.

Um comportamento, transforma-se em adictivo, quando a pessoa:

> perde o controlo do início ou termo do comportamento.

> desenvolve uma dependência.

> desaparece o interesse por outras actividades que anteriormente lhe davam prazer, mantendo o comportamento, apesar de ser consciente das suas consequências negativas.

Diferentes Tipos de Adicções Comportamentais

Hoje em dia ainda existem muitas pessoas que consideram as adicções comportamentais, tais como as dependências de internet, simplesmente um vício. Na realidade, constituem um transtorno ou uma perturbação mental.

Existem diversos tipos de adições comportamentais relacionadas directamente com a necessidade obsessiva de estar conectado à internet, nas suas diferentes modalidades. A adicção ao ecrã inclui:

> smartphones e tablets.

> jogo online ou apostas online.

> videojogos.

> cybersexo.

> compras compulsivas online.

> cyberbullying.

> redes sociais.

Dependências de Internet ou Utilização Problemática de Internet

O desenvolvimento tecnológico revolucionou o nosso modo de estar no mundo.

As dependências de internet definem-se como um distúrbio de impulso-controlo que não envolve uma substância intoxicante. Ou seja, a incapacidade de uma pessoa em controlar a sua utilização da tecnologia resultando em sentimentos de frustração e diminuição funcional das actividades quotidianas.

Como resultado deste acesso massivo e do progresso das tecnologias digitais, a forma como as pessoas usam a Internet evolui para um estado “sempre online”, através de portáteis, tablets, smartphones, smart watches.

É incontestável que as tecnologias e a internet fazem parte do nosso dia-a-dia a nível pessoal e/ou profissional. Por um lado ajudam-nos a encurtar distâncias. Aceder mais rapidamente a informação e a ter outro modo de entretenimento.

Mas por outro apresenta as suas desvantagens, podendo ter um impacto negativo:

> nas rotinas diárias.

> no desempenho laboral.

> nas relações familiares.

> nos estados emocionais.

Segundo vários estudos, a utilização excessiva da internet – Casinos Online, Apostas Online, Vídeo jogos, Redes Sociais, Cybersex, Cyberbullying – está associada à baixa auto-estima, a dificuldades de relacionamento com os outros e a patologias psiquiátricas.

Apesar de ainda considerado um novo distúrbio comportamental, foram identificadas características comuns da Dependência Internet com modelos clássicos de dependência que envolvem substâncias.

Proeminência | Alteração de Humor | Tolerância | Descontinuação | Conflito | Recaída constituem uma base para identificar o Uso Problemático da Internet.

Tratamento das Dependências de Internet e outras Adicções Comportamentais

Na maioria dos casos, as pessoas que padecem de dependências de internet não seguem nenhum tratamento, no entanto existem evidências que confirmam que as pessoas que solicitam ajuda profissional conseguem melhorar a sua qualidade de vida.

A Dianova pode ajudar a superar estas problemáticas, oferecendo um tratamento especializado:

> Atenção qualificada e personalizada a cargo duma equipa de profissionais nas áreas de Medicina Geral, Psiquiatria e Psicologia.

> Uma intervenção integral e coordenada desde uma perspectiva multidisciplinar em todas as áreas implicadas no complexo problema das adicções, sendo o acompanhamento psicológico imprescindível e fundamental.

A intervenção focaliza-se na gestão do impulso/controle, na ajuda para obter novos processos de aprendizagem com o objectivo de melhorar a autoestima, manejar as suas emoções e nas ferramentas para prevenir recaídas e potenciar os seus recursos e capacidades.

Contacte-nos

Teste Avalie o seu Estado de Dependência Internet ou IAT Assessment Test

Os resultados deste auto-teste não constituem um diagnóstico fidedigno de dependência e devem ser utilizados apenas como um guia para a compreensão do seu uso de drogas e os potenciais problemas de saúde envolvidos. As informações fornecidas aqui deverão ser complementadas com uma avaliação completa por um profissional de saúde, com vista ao aconselhamento do tipo de programa de tratamento.

Saiba mais sobre a dimensão do problema em Portugal

A prevalência de jogo a dinheiro em Portugal é de 65,7%, sendo mais elevada nos homens e entre os 35-44 anos. Segundo Relatório do SICAD 2017, a prevalência é ainda mais elevada nos que:

> detém um grau médio de escolaridade (2º e 3ª ciclo, e secundário).

> nos que trabalham.

> nos agregados com rendimentos mensais brutos de mais de 1.000€.

Por outro lado, 20% dos jovens utilizam a Internet para práticas de jogo de forma regular: pelo menos 4 vezes nos últimos 7 dias. É mais comum nos rapazes (39%) do que nas raparigas (5%). O jogo a dinheiro online verifica-se me 2% dos jovens, sobretudo rapazes.

O Relatório salienta que há uma relação directa entre a prevalência da prática de jogo a dinheiro, consumos mais nocivos de álcool e de outras substâncias. Os ex-fumadores apresentam uma prevalência de jogo a dinheiro mais elevada.